terça-feira, 27 de setembro de 2011

Clipping: Revista Expansão


Anúncio
Revista Expansão
Outubro de 2011

GRENNSTYLE do GREENVANA: style + construção & reforma

Confira publicação do dia 08 de setembro de 2011 sobre a Eccostone no
Blog Greenstyle do portal Greenvana.

A NATUREZA DENTRO DE CASA COM PEDRAS FABRICADAS
Por Daniela Arruda

Sou adepta da ideia de que trazer elementos naturais para dentro de casa é sempre uma ótima oportunidade de estarmos ligados à essência da natureza. De proporcionar conforto e aconchego.

Não raro me deparo com muitas confusões a respeito do assunto sustentabilidade, e por conta disso, criam –se os mitos. Na minha opinião, um dos maiores mitos é achar que o termo sustentabilidade e “verde” são sinônimos. Explico. Embora tenham pontos em comum, o termo “verde” significa a preferência do natural sobre o artificial. O que não quer dizer que o artificial não possa ser sustentável. Muito pelo contrário.

Quer um exemplo? Sabe aquelas pedras que usamos para revestimento na decoração e que deixa qualquer ambiente super charmoso? Até pouco tempo, só encontrávamos no modo “pedras extraídas da natureza”. Mas um dia desses, fazendo um tour virtual (minhas antenas estão sempre ligadas para captar as novidades do mercado que tenham diferenciais sustentáveis), descobri um site de uma empresa (www.eccostone.com.br) que vende pedras fabricadas. Isso mesmo.

Com uma tecnologia americana, as pedras são idênticas às naturais, com a vantagem de pesarem 40% menos (isso faz muita diferença no transporte, porque diminui consideravelmente o consumo de combustível) e são recicláveis, ou seja, o produto voltando à sua origem – o que é o ideal.

Essas pedras são super tendência na decoração. Podem ser utilizadas tanto em ambientes externos como internos (o que me encanta!).

Na varanda ou jardim, ok, sem muito mistério… Mas em ambientes internos, minha dica é sempre fazer o contraponto na hora de decorar o ambiente. Como elas dão um tom rústico, legal é equilibrar com o resto da decoração abusando de componentes mais sofisticados, assim não corre o risco da sua sala parecer um galpão.

Abuse dos móveis de acabamentos com tecidos nobres tipo o couro (sim o couro é sustentável!) , a seda (mais natural impossível!) e materiais que tenham contraste, como vidro, espelho e metais. Sugiro deixar o restante das paredes em tons neutros, brancos, beges ou crus , assim não carrega o ambiente com excesso de informação. Mas se você é do tipo que não abre mão de cores vibrantes, abuse das cores nas almofadas ou em pequenos objetos. Já o tapete pode ser mais pesado, o que fica perfeito!

Assim como na moda, na decoração é importante brincar com as texturas e lembrar de que o contraponto faz toda a diferença e dá charme ao seu ambiente.

Sem dúvida, a tecnologia ajuda e muito a ter um estilo de vida mais sustentável.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Clipping: Jornal NH


Decoração
Jornal NH
Novembro de 2008

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Clipping: Revista Expansão

Eccostone: uma tecnologia norte-americana



Revista Expansão
Junho de 2009
nº115

quinta-feira, 29 de julho de 2010